AMPEM participa de posse de novos integrantes do Conselho Superior e Ouvidoria

O presidente da Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (AMPEM), Tarcísio Sousa Bonfim, participou nesta segunda-feira, 2, da posse de novos integrantes do Conselho Superior e Ouvidoria, biênio 2020-2021, na Procuradoria Geral de Justiça. A solenidade teve, ainda, o vitaliciamento de três promotores de justiça.

Na oportunidade, o presidente da AMPEM parabenizou os promotores vitaliciados, a nova composição do Conselho Superior e a nova ouvidora do MPMA. Além disso, destacou o trabalho da antiga composição do órgão colegiado e a procuradora de justiça Rita de Cássia Maia Baptista, pela atuação na Ouvidoria ministerial.

“O Ministério Público é o guardião da cidadania. Precisamos permanecer unidos e trabalhando pela nossa instituição que é patrimônio imaterial dos brasileiros”, declarou Bonfim.


Promotores de justiça foram vitaliciados

Após a assinatura dos termos de posse pelo procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, os procuradores de justiça Francisco das Chagas Barros de Sousa, Carlos Jorge Avelar Silva, Domingas de Jesus Fróz Gomes, Joaquim Henrique de Carvalho Lobato e Mariléa Campos dos Santos Costa (conselheiros titulares). E Maria de Fátima Rodrigues Travassos Cordeiro, Regina Maria da Costa Leite e Themis Maria Pacheco de Carvalho (conselheiros suplentes) assinaram o termo de compromisso e receberam o ato de posse.


Maria Luiza Ribeiro é a nova ouvidora do MPMA

Em seguida, a procuradora de justiça Maria Luiza Ribeiro Martins foi empossada na função de ouvidora do MPMA e os promotores de justiça Denys Lima Rêgo, Guilherme Gouvêa Farjado e Luciano Henrique de Sousa Benigno receberam do procurador-geral de justiça os certificados de vitaliciamento.

A nova ouvidora do Ministério Público declarou estar consciente do significado especial de sua eleição, representada pelos 32 votos que recebeu de um total de 32 votantes (procuradores de justiça). “A expressiva votação sinaliza estarmos na direção certa, unidos, coesos, compartilhando dos mesmos propósitos e ideais”.

Ela reafirmou saber a relevante prestação de serviço à sociedade que uma ouvidoria representa. “É preciso ouvir, no sentido de perceber o cidadão, seus sentimentos, suas angústias e desejos de mudança. É preciso, ainda, perceber a equipe, a cultura da organização, seus conflitos, suas necessidades e relacionamentos, se fazendo presente no ambiente, interagindo, dando a atenção necessária e solucionando de forma célere o eventual problema apresentado”, refletiu.

Denys Rêgo, discursou em nome dos promotores de justiça vitaliciados,  e agradeceu ao apoio dispensado pelo procurador-geral de justiça e toda a equipe da administração superior do MPMA e a orientação constante da Corregedoria.

“Sabemos dos desafios que nós temos, especialmente no interior do estado. Hoje nós confirmamos nossa vocação como promotores de justiça e temos uma satisfação imensa em participar da instituição como membros efetivos”, afirmou.


Conselho Superior foi empossado

E o procurador de justiça Francisco das Chagas Barros de Sousa discursou em nome dos novos membros do Conselho Superior destacando que têm o dever de dar o exemplo e também o de cobrar dos integrantes do MPMA a postura necessária e espera a todo aquele que assuma “tão grandiosa missão em sua vida profissional”.

Informações MPMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AMPEM 2018 © - Todos os direitos reservados