Em Salvador, AMPEM participa de Conferência que reuniu promotoras e procuradoras de Justiça para discutir equidade de gênero

Cerca de noventa integrantes do Ministério Público participaram da “2ª Conferência Regional de Promotoras e Procuradoras de Justiça – Região Nordeste”, que aconteceu de 29 a 30 março, em Salvador. O evento foi aberto dia 29 pela presidente do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e procuradora-geral da República, Raquel Dodge e teve como objetivo colher diagnósticos e reunir propostas para promover a equidade de gênero no sistema de Justiça.

A promotora de justiça Fernanda Maria Gonçalves de Carvalho participou do encontro, representando a Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (AMPEM). Além dela, a promotora de justiça Ana Tereza Silva de Freitas também esteve presente ao evento representando o Maranhão.

Raquel Dodge, em seu discurso lembrou que o papel do Ministério Público é essencialmente de proteção e promoção de direitos e que é preciso também cuidar das mulheres que são membros da Instituição. “Não podemos nos esquecer de nós mesmas. A equidade de gênero, uma vez praticada dentro do MP, ganhará mais força na sociedade e em outras instituições públicas, impulsionando a criação de outras políticas públicas que promovam a igualdade entre homens e mulheres”, afirmou.

O evento, segundo de cinco que serão realizados até junho, foi promovido pela Presidência do CNMP, por meio da Secretaria de Direitos Humanos e Defesa Coletiva e da Comissão de Defesa dos Direitos Fundamentais (CDDF/CNMP), em parceria com a Delegação da União Europeia no Brasil e com as Procuradorias-Gerais de Justiça dos Estados da região Nordeste (Bahia, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Paraíba, Sergipe e Alagoas).

Com informações CNMP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AMPEM 2018 © - Todos os direitos reservados