As mulheres que trabalham nas Promotorias de Justiça da Capital participaram, nesta terça-feira, 30, de uma palestra, proferida pela promotora de justiça de Defesa da Saúde, Glória Mafra, sobre os objetivos do Outubro Rosa, campanha que visa conscientizar sobre a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama.

Servidoras, estagiárias e terceirizadas lotaram as dependências do auditório para participarem do evento, que integra o Programa de Qualidade de Vida no Trabalho

O promotor de justiça Paulo Avelar, diretor das Promotorias, explicou que a iniciativa busca promover a conscientização do público feminino sobre os cuidados com a preservação da própria saúde.

Na palestra, Glória Mafra abordou medidas indicadas para a prevenção, tratamento e acompanhamento do câncer de mama, enfocando os exames necessários para um diagnóstico preciso, bem como os estabelecimentos de saúde que os realizam na rede pública.

A promotora orientou, inclusive, que as mulheres tenham atenção com a qualidade dos mamógrafos em que realizam os exames, para que o resultado seja o mais próximo possível do real. “O exame tem que ser bem planejado para que se obtenha um diagnóstico seguro e que a mulher não seja exposta a radiação desnecessária”, sugeriu.

A representante do MPMA também enfocou o trabalho de monitoramento das condições dos aparelhos de mamografia em todo o Maranhão, a fim de garantir que os equipamentos estejam calibrados e com insumos dentro da validade. “Não basta incentivar as mulheres a realizarem a mamografia se os equipamentos estiverem desregulados, comprometendo a precisão dos exames”, afirmou Glória Mafra.