No último sábado, 10, a Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (AMPEM) realizou o I Fórum de Estudos Jurídicos na sede social da entidade de classe, em São Luís. O evento ocorreu às 9h e foi ministrado pela promotora de justiça, Maria da Glória Mafra, titular da 2ª Promotoria da Saúde de São Luís, e membro do Conselho Consultivo da AMPEM.
O encontro teve como o tema “Ritmos e casuística na área da saúde (TFD, PAB, Atendimento em plantão) com propostas de atuações ministeriais estratégicas em defesa da saúde. 
Na ocasião, a promotora de justiça explanou pontos para que se possa garantir a efetividade da Política Nacional, Estadual e Municipal de medicamentos e da assistência farmacêutica, além de outros subtemas como “Conformação e realidade do Estado do Maranhão", "Conhecendo as Redes de Atenção à Saúde habilitadas e não habilitadas pelo Ministério da Saúde no Estado do Maranhão", "Entendendo a (des)assistência farmacêutica no âmbito do Estado e dos Municípios Maranhenses", "Defesa da Saúde – Atos Normativos do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Conselho Nacional de Procuradores Gerais – CNPG/COPEDS", "Judicialização na Saúde - Polêmicas e debates - Cenário Maranhense", "Atuação Ministerial - como garantir a efetividade do direito à saúde para o cidadão maranhense”. 
Maria da Glória Mafra, ressaltou que o encontro tem a importância de esclarecer as dúvidas e preocupações dos promotores de justiça, em relação ao tema. “O Fórum promoveu uma troca de informações para que se possa conhecer a realidade do SUS, conhecer a realidade do cidadão, e só assim, além da judicialização, possamos conseguir, através de condutas junto ao gestor, que a população tenha acesso à saúde”, frisou. 
O próximo Fórum de Estudos Jurídicos será realizado na cidade de Imperatriz, no dia 06/04.